O véu é um elemento que está presente na entrada da dançarina em cena.
Ele tem sua função como um prolongamento dos braços, engrandecendo a figura da bailarina e chamando a atenção do público para a sua entrada.
Notamos que a maioria dos desenhos formados pelo véu teve sua origem no Ocidente desenvolvidos, principalmente, por dançarinas americanas.
O véu na antiguidade sempre transmitiu mistério, diziam que quando a dançarina entrava em cena com seu corpo coberto e aos poucos deixava sua silhueta aparecer, era o momento onde a escuridão se fazia luz, ou seja, o momento da revelação.
Os movimentos utilizados com o véu durante a dança podem ser tanto suaves quanto vibrantes, dependendo da música e momento. É importante que a dançarina esteja em perfeita sintonia com a música e sua leitura, para que possa fazer um bom uso deste acessório.